Pós-parto

O pós-parto, essa fase maravilhosa na vida de uma mulher em que depois da excitação inicial, e na primeira vez que temos que sair de casa para levar o nosso mais recente Amor às consultas no pediatra, às vacinas, ao registo… nos damos conta de que não cabemos nas nossas roupas de há 9 meses atrás, e que a grande maioria das roupas da gravidez também não nos favorecem. É certo que a vontade é sair à rua de pijama (o sono pelo menos já o temos), mas obviamente que não o vamos fazer. Não vamos, ok?! Nem para por o lixo no contentor. Que fique bem claro!

Falemos então de opções e de alguns cuidados a ter. Os maiores problemas serão o peito e a barriga, mas existem truques para tudo neste mundo e existem também peças que serão uma ajuda preciosa.

  1. O soutien- vai precisar de um soutien da amamentação. Sim, já sabemos que não são especialmente bonitos, mas há um que escapa, que é super confortável e de muito boa qualidade- o Mamabel da Triumph. 

Captura de Tela 2014-05-01 às 22.33.37

 

 

 

 

 

 

Não é imperativo que use um soutien de amamentação (eu confesso, só usei este na maternidade, fora isso comprei o meu modelo favorito, apenas com um tamanho de copa muito maior). Pode optar por um modelo de soutien com que se sinta confortável e depois é uma questão de se sujeitar a mais complicações na hora de amamentar.

2. A cinta pós- parto- hoje em dia nem todos os médicos a recomendam e também não são propriamente confortáveis. Se a sua opção for não usar, pode comprar cuecas de cós alto ou tops de linhas modeladoras. O perfeito 2 em 1- mantêm a barriga aconchegada (só quem já usou umas calças de grávida com faixa para a barriga sabe como aquilo sabe bem!!!) e consegue esconder a barriga que obviamente não estará firme e lisa nos dias (meses) seguintes ao parto.

Captura de Tela 2014-05-01 às 22.44.02 Captura de Tela 2014-05-01 às 22.48.06

 

 

 

 

 

 

 

3. Partes de cima- o seu peito, estará obviamente maior e o truque aqui é usar decotes de V (não muito pronunciados) e usar blusas ou t-shirts mais fluídas e que não marquem a barriga.

Captura de Tela 2014-05-01 às 23.04.23

o melhor dos dois mundos, um decote em V pouco pronunciado e um drapeado na zona da barriga que ajuda a disfarçar esta zona

uma camisa é sempre boa opção porque tem botões que pode desapertar facilmente sem ter que a despir para amamentar.

uma camisa é sempre boa opção porque tem botões que pode desapertar facilmente sem ter que a despir para amamentar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

as t-shirts oversize que estão tão na moda ajudam a esconder o que se passa na zona da barriga. Use como na foto, a parte da frente presa no cós das calças, deixando a parte de trás de fora.

as t-shirts oversize que estão tão na moda ajudam a esconder o que se passa na zona da barriga. Use como na foto, a parte da frente presa no cós das calças, deixando a parte de trás de fora.

um top de capa dupla com um apanhado vertical que ajuda a esconder a barriga

um top de capa dupla com um apanhado vertical que ajuda a esconder a barriga

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3. As partes de baixo- há quem opte por utilizar as calças da gravidez nos primeiros dias do pós-parto e é uma escolha válida, tudo depende da barriguinha com que ficou. Muitas vezes uma semana depois do parto parecemos ainda grávidas de 4 meses ( so true!), mas existem muitas outras opções, devendo dar preferência a cós elásticos.

calças fluidas com cós elásticos. Numa cor escura que ajuda também a disfarçar a zona das ancas

calças fluidas com cós elásticos. Numa cor escura que ajuda também a disfarçar a zona das ancas

saia comprida com cós elástico

saia comprida com cós elástico

uns boyfriend jeans podem também ser uma boa opção, tenha só atenção se não fica apertada na zona da barriga.

uns boyfriend jeans podem também ser uma boa opção, tenha só atenção se não fica apertada na zona da barriga.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4. Peças inteiras-  mantêm-se a opção por decotes em V e cortes mais largos, mas não muito, apenas o suficiente para afastar um pouco o tecido do seu corpo. Um meio termo entre o largo e o ajustado.

Captura de Tela 2014-05-01 às 23.38.09

vestido fluído

Captura de Tela 2014-05-01 às 23.40.14

vestido-camiseiro. coloque um cinto fino e pouco apertado. o objectivo é insinuar a cintura sem a marcar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

um jumpsuit é, tal como um vestido uma peça única que simplifica o processo de escolha de roupa. Basta um ou dois acessórios e está pronta.

um jumpsuit é, tal como um vestido, uma peça única que simplifica o processo de escolha de roupa. Basta um ou dois acessórios e está pronta.

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.03.28

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5. Casacos- óptima opção quando usados abertos pois criam a ilusão de comprimento e a sobreposição com as peças interiores ajuda a disfarçar volume.

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.08.22

 

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.10.09

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6. Calçado- quer-se práctico e confortável. Vai andar com um bebé ao colo, colocar e tirar ovinho do carro, empurrar carrinho de bebé…

 

sandálias rasas

sandálias rasas

sapatos rasos

sapatos rasos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

se optar por saltos, que sejam largos de forma a dar estabilidade

se optar por saltos, que sejam largos de forma a dar estabilidade

 

 

 

 

 

 

 

 

7. Malas/ Carteiras-  as malas ‘de maternidade’ são feitas a pensar nos bebés (se bem que eles não lhes ligam nenhuma) e quem vai andar com malas com coelhinhos, florzinhos e afins, somos nós. Por isso mesmo, se preferirem,  podem optar por malas grandes mas… de gente grande. Tenha o cuidado de ver se têm bastantes divisórias e se não tiverem as suficientes basta distribuir os artigos por bolsas individuais que depois coloca na mala.

 

 

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.28.35

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.27.48

 

 

 

 

 

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.29.50

 

 

 

 

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.30.42

 

Captura de Tela 2014-05-02 às 00.26.04

 

 

 

 

 

 

Não se esqueça de colocar alguns acessórios. Sabemos que não há espaço para colares compridos com pendentes, muitas pulseiras… mas pode usar um anel, uns brincos mais pequenos ou um colar mais chegado ao pescoço.

Omnia, colecção My World

Omnia, colecção My World

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E lembre-se de que é uma fase passageira no que diz respeito ao seu corpo, tal como foi a gravidez. Usufrua de tudo o que tem de bom e não se preocupe demasiado com a barriga, com o peito, com as ancas… Não tarda estará tudo no lugar. E se não estiver, até ao 10 anos do seu filho, pode sempre dizer que está em recuperação do parto 😉

Advertisements
This entry was posted in Fashion & Style. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s